Get Adobe Flash player

Parabrisa ou Bolha?

Para uso na cidade, a bolha tem função praticamente estética, mas ajuda um pouco nas localidades em que faz frio e garoa... se bem que nessas circustâncias alguns "motociclistas" preferem deixar a moto em casa e sair com o carro, eheheheh...

Já na estrada, a conversa é outra. A bolha ou parabrisa ajudam prá caramba. Já fiz diversas viagens, todas percorrendo distâncias superiores a 1.000 km (ida e volta), com várias "configurações" diferentes:

- sem bolha ou parabrisa;
- com parabrisa grande;
- com bolha ou parabrisa médio;
- com bolha pequena.

O que eu aprendi com essas experiências:

- sem bolha: não rola viajar, é extressante demais. Depois de uns 200 km os braços ficam mais doloridos por suportar o vento no peito, principalmmente se viajar contra o vento. O capacete, a viseira, as luvas e a jaqueta viram "cemitério de mosquito".

- bolha grande: igualmente ruim, proteje contra o vento, chuva fina e insetos, porém gera turbuência, deixando a frente da moto instável, exigindo uma pilotagem muito mais cautelosa. Além disso, nas motos com menos de 50cv ela funciona como um "freio-aerodinâmico", segurando a moto, principalmente quando se está contra o vento. Ao meu ver são indicadas para as custom "parrudas", que são pesadas o suficiente para não ficarem instáveis e potentes o suficiente para vencer a resistência aerodinâmica.

- por fim as bolhas (pequenas) os os parabrisas (médios): esses são os melhores para viagem, pois proporcionam boa proteção contra o vento, insetos e chuva leve e, ao mesmo tempo, não favorecem a aerodinâmica.

A função da bolha ou do parabrisa médio é desviar o fluxo de ar para os lados e principalmente para cima, direcionando o fluxo de ar para o capacete (ele que se vire, eheheh...) daí a importância de viajar com um capacete bom.

A maneira mais adequada de instalar a bolha é instalá-la de forma a que ela fique "paralela" à suspensão dianteira, mantendo um ângulo de inclinação o mais próximo possível do ângulo de inclinação das bengalas.

Para diminuir as turbuências na parte inferior da bolha ou parabrisa, é importante que a distância da base da bolha ao copo do farol seja próxima dos 2 cm. Distâncias maiores ou menores geram mais turbulências.

Uma dica útil: Sempre encere a bolha ou parabrisa. Pode utilizar a mesma cera que usa na moto. Isso facilita o escoamento da água da chuva e ajuda, depois, na remoção dos cadáveres dos insetos.

 

Fonte: http://www.motoscustom.com.br

 
Banner