Get Adobe Flash player

"Descobri como é bom chegar quando se tem paciência. E para se chegar, onde quer que seja, aprendi que não é preciso dominar a força, mas a razão. É preciso, antes de mais nada, querer. Passados dois meses de tantas histórias, comecei a pensar no sentido da solidão. Um estado interior que não depende da distância...nem do isolamento; um vazio que invade as pessoas... E que a simples companhia ou presença humana não pode preencher. Solidão foi a única coisa que eu não senti, depois que parti...nunca...em momento algum. Estava, sim, atacado de uma voraz saudade. De tudo e de todos, de coisas e de pessoas que há muito tempo não via. Mas a saudade às vezes faz bem ao coração. Valoriza os sentimentos, acende as esperanças e apaga as distâncias. Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudade...mas não estará só!" Amyr Klink

Filtrar Título     Exibir # 
# Título do Artigo Data Autor Acessos
1 Paulo Candido Seg, 17 de Novembro de 2014 Paulo Candido 292
2 Policarpo Jr. Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 937
3 Waldez Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 960
4 Adriano Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 978
5 Walter Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 984
6 Jorge Geovane Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 992
7 Arthur Albuquerque Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 1013
8 Klein Qui, 17 de Novembro de 2011 Paulo Candido 1037
9 Renato e Edson Qua, 16 de Novembro de 2011 Paulo Candido 1076
10 Eldinei Qui, 17 de Novembro de 2011 Paulo Candido 1629
11 Gaspar Qui, 17 de Novembro de 2011 Gaspar 2265
 

Banner